Tudo Pelo o Sucesso!

MindBlog.

Nosedive – Um verdadeiro Sucesso!

Sucesso! Um dos episódios que mais me chamou a atenção na série Britânica, ‘Black Mirror’, além da fantástica ‘San Junipero’ foi ‘Nosedive’. A história se passa em uma sociedade onde as pessoas podem avaliar umas às outras atribuindo um score de popularidade que por sua vez, define o seu ‘status’ na comunidade. Um ‘universo’ muito parecido com o que vivemos hoje? Talvez.

Em uma sociedade cada vez mais obcecada por ‘holofotes’ e ‘aparências’, nos tornamos escravos dos ‘likes’. A cada dia surgem novos ‘Influencers’e ‘Gurus’ na Internet. Mas, nos esquecemos que existe uma vida real fora da Web. Uma vida repleta de ‘VIDA’! Na verdade, estamos criando uma geração de pessoas frágeis, fúteis e desconexas com a realidade. Neste ‘universo paralelo’ a única coisa que realmente importa é o ‘sucesso absoluto!’ Custe o que custar! Mesmo que isso deixe muitos mortos e feridos pelo caminho.

Não somos máquinas. Vamos fracassar! Inúmeras vezes! É muito fácil, após chegar nas ‘alturas’, ditar regras. Porém, sem dar a chance das pessoas errarem! Gerar um ‘Perfect Way of Life’. Seja na alimentação, na vida profissional e emocional das pessoas. Sim! Muitas vezes parece que vivemos como coadjuvantes em um episódio de ‘Black Mirror’ onde temos a sensação de necessitar da validação das pessoas através das Redes Sociais.

Aparência impecável nas Redes Sociais

Sem uma boa aparência, sem o corpo perfeito, ou ainda sem o ‘par ideal’ ao nosso lado nas fotos no Instagram. Criamos uma ‘novela’ de horrores para ‘manter’ as aparências. Muitos não conseguem mais dormir! Onde eu errei? Por que ainda não consegui o tal ‘Sucesso’? É muito fácil criar uma vida perfeita nas Redes Sociais. Mostrar conquistas, lugares, pessoas. Mas não conseguimos enganar os nossos corações. Sendo assim, existe um vazio latente que cresce dentro de nós. Algo incompleto que precisa ser preenchido. Precisamos aprender outra vez o que é o amor. Precisamos verdadeiramente amar mais o nosso próximo e nos importarmos de verdade com as pessoas. Sem esperar nada em troca!

Nos tornamos uma multidão de ‘críticos’ e ‘sarcásticos’. Seres de alto intelecto! Frios e calculistas. Elogiar, enaltecer, apreciar, ouvir…dizer que aquela pessoa realmente faz falta! Apreciar verdadeiramente o colega de profissão, os amigos, nossos companheiros e companheiras. Ter compaixão! Esta palavra, ainda, não tem sentido para muitos de nós.

Não Somos Robôs!

Somos apreciados pelo o que possuímos, pelo cargo que ocupamos! Pelo rosto, pela maneira que nos vestimos. Mas, raramente ou quase nunca, pelo o que somos! As empresas são feitas de pessoas. E pessoas não são robôs. Somos imperfeitos e possuímos sentimentos. Buscamos o apoio, a compreensão, a verdadeira amizade. Quando atingimos um grau de envolvimento real na empresa ou em nossas relações pessoais, crescemos de verdade! Assim sendo, quando apreciamos o sucesso das outras pessoas e conseguimos ficar bem com isso, subimos mais um degrau na escada da maturidade.

Imagine se toda a sua ‘pontuação’, ‘títulos’, e ‘poses’ nas Redes Sociais, fossem zeradas? E se por um momento você acordasse no chão sem absolutamente nada! Com fome e muito frio! Vendo as pessoas olharem ‘através’ de você como um vidro transparente! O politicamente correto é ‘lindo’ e ‘comovente’ dentro das palestras corporativas e motivacionais, mas totalmente desprezada na vida real.

Respeite! Estenda a mão! E o principal, nunca julgue ninguém. Seja ‘luz’ onde estiver e não um mero ‘Influencer’ ou ‘Pop Star’ das Redes Sociais para simplesmente ganhar ‘likes’. Faça realmente valer apena! No final, não iremos levar absolutamente nada daqui.

Autor: Marcelo Lima

Leia Também: Liderança Corporativa – O Caráter

© 2018 MindCast | Digital Creative Agency