Liderança Corporativa

MindBlog.

As empresas querem pessoas cada vez mais ‘hands on’! Mas que sejam líderes, resolvam problemas complexos e sejam verdadeiros exemplos sociais.

A liderança requer profissionais totalmente comprometidos com a corporação que sejam formadores de opinião e influenciadores. Só existe um problema em todo esse contexto, o caráter. Os programas de treinamento forjam profissionais para sanar as necessidades da empresa. O mercado, exige um impecável desempenho das pessoas. Mas, na maioria das vezes, não conseguimos ser exemplos nem dentro de casa, como podemos ser grandes líderes? Ou melhor, como podemos ser exemplos para as outras pessoas?

Exercer liderança ainda é uma tarefa quase altruísta, eu diria que uma arte, um verdadeiro dom. Algo que realmente não é para qualquer pessoa. Aqui fica explícito o jargão popular: “Querer não é poder! ” Liderança é possuir uma percepção muito aguçada da capacidade humana de se superar. A vontade e a atitude de ajudar, de se compadecer, de lutar, de sofrer e de se alegrar com as pessoas. Não existe um treinamento para formação do caráter. O que existe são treinamentos que potencializam alguns pontos, ou nos forçam a repetir mantras de vitória.

Quero deixar claro que não desmereço aos profissionais que dão as suas vidas para ajudar pessoas em situações psicológicas difíceis. Mas, se eu pudesse dar um conselho eu diria que todos nós deveríamos fazer terapia. Realmente é uma ajuda essencial que nos fornece ferramentas para lidar com o nosso dia a dia. O que quero dizer é que ser uma pessoa melhor não é um como apertar de um botão para acionar o modo ‘super’. Imagine em uma empresa, um grupo de pessoas com personalidades completamente diferentes, com os mais variados níveis de caráter, muitas vezes mais parecendo um reality show do que um grupo de profissionais buscando o mesmo objetivo corporativo. Claro! Isso nunca acontece com a gente.

O caráter como influência

Mas, o que é de fato o caráter? Certa vez ouvi que o caráter era o conjunto das experiências positivas e negativas que aprendemos ao longo da vida. Outra definição é: “Um conjunto de características e traços relativos à maneira de agir e de reagir de um indivíduo ou de um grupo. É um feitio moral. É a firmeza e coerência de atitudes. Fonte (https://www.significados.com.br/carater/). Ou seja, de acordo com a afirmação a falta de caráter seria a ausência de firmeza e coerência tanto em atitudes quanto em princípio morais. Não vou entrar no mérito para aprofundar os conceitos e as definições. Daria uma dissertação!

Resumindo, podemos ter conhecimento, expertise, boas conexões, fama, dinheiro, e mesmo assim, tratar as pessoas de forma ‘grotesca’. Nada fala mais alto do que as nossas atitudes. Mas as palavras se desfazem ao vento! Eu tenho uma máxima comigo, quando me olho no espelho sei exatamente quem sou. Não existe segredo algum no próprio olhar. E você? Tem sido uma boa referência para as pessoas? Seu caráter é verdadeiro? Ou você é mais um ator ou atriz do Reality Show Corporativo? Ou melhor, da vida.

Autor: Marcelo Lima

Leia Também: Boas Práticas no Instagram (Profissionais)

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

© 2018 MindCast | Digital Creative Agency